Rasgo apresenta o single “Vulgo Vulto”

“Vulgo Vulto” é o nome do primeiro single dos Rasgo que foi apresentado ao público no ultimo domingo dia 19 de Março ao meio dia no Facebook oficial dos Rasgo.Rasgo

“Ecos Da Selva Urbana” assim se chamará o disco de estreia dos Rasgo com data ainda por revelar.
Praticantes de um Thrash Metal/Crossover cantado em português, os Rasgo prometem com este disco conquistar o seu lugar entre os amantes das sonoridades mais pesadas.
A razão de tal afirmação é simples… apesar da banda ser recente, os Rasgo são tudo menos principiantes e contam nas suas fileiras com músicos experientes e com provas dadas!

Guitarra – Pedro Ataíde (Sarrufo);ex-Trinta e Um/ex-Pé de Cabra
Guitarra – Rui Costa (Ruka); Tara Perdida
Bateria – Ricardo Rações; ex-Trinta e Um/ ex-Sacred Sin
Baixo – Filipe Sousa; ex-Shadowsphere /ex-WitchBreed
Voz – Paulo Gonçalves; ex-Shadowsphere / ex-Formaldehyde / Ignite the Black Sun

A história remonta a finais de 2013 quando José Pedro (Sarrufo) sente que é hora de voltar às lides da musica pesada depois de um hiato de 3 anos…Nesse ano aparece o primeiro tema dos Rasgo, (Propaganda Suicida) uma música feita em estúdio com a ajuda de Tiago Marques na voz e Kae Santos na bateria.
O tempo foi passando, e no inicio de 2014 conversas “virtuais” entre Sarrufo e Ruka são a faísca que acende o lume, Ruka é desafiado e sente-se tentado a embarcar nesta viagem para ajudar a criar algo novo.
A 23 de Março, o dia fatídico que marca o falecimento de João Ribas (Tara Perdida), Ruka e Sarrufo encontram-se e sentem que os Rasgo vão mesmo acontecer, o ciclo tinha-se fechado.

Ricardo Rações , camarada de armas de outras lutas faz parte da história desde sempre e seria o baterista perfeito para ajudar a alimentar o monstro sonoro que pairava nas cabeças focadas de Ruka e Sarrufo.

Filipe Sousa, um amigo de Sarrufo é o escolhido para o Baixo. Músico de excelência com provas dadas na área do Metal, F.S. dá à banda uma segurança preciosa e visível desde os primeiros ensaios.

Paulo Gonçalves é o último a saltar para o barco mesmo na altura em que este levantava ferro. Portador de uma voz poderosa, Paulo Gonçalves mostra ser o homem certo para dar vida às palavras, e assim estão completos os Rasgo.

Na forja encontra-se já “Ecos da Selva Urbana!”, um disco de 10 temas entre os quais: “Propaganda Suicida” , “Existe” , “Homens ao Mar (Puxa!)” , “Ecos da Selva Urbana” e uma versão ainda por revelar. A promessa que fica é que será rápido, pesado, com uma mensagem forte e uma identidade muito própria.

O resto são linhas por escrever…

É chegada a hora, o barco partiu!

Março 24th, 2017 Por