Dogma

Os Dogma formaram-se através de uma fusão de ideias de dois elementos que posteriormente foram complementadas com a inclusão de novos estilos e sensibilidades que tinham como convergência a admiração pelo Gótico, o obscuro e acima de tudo pela inovação.

Dogma

O emprego da metáfora está implícito em todas as letras de Dogma deixando a interpretação da viagem lírica ao encargo de quem a queira assumir sendo que o caos e a tristeza serão sempre o destino final. Os Dogma mostram o pior mundo acompanhado de um som de esperança e agressividade, nunca deixando de expressar o desprezo pelo imposto e pelas instituições que impõem. O sarcasmo está presente quando a oposição ambiciona aquilo a que se opõe, os Dogma tentam transportar esse sentimento quando se fazem acompanhar para dentro do abismo dos seus temas.

O nome Dogma nasce de uma sugestão do nosso primeiro baterista, Ricardo Maciel, que está sempre presente em todos os momentos da banda. O Maciel via a vida com a leveza com que ela deve ser vista, Era a personificação de uma disposição e forma de estar contagiante. Era a cor dentro do escuro e não perdia o seu obscuro. Escolheu Dogma e hoje somos os Dogma, sabíamos todos que a interpretação do nosso conceito se enquadrava na forma dele ver a banda. Ainda bem que somos os Dogma.

Sejam bem vindos ao Reditum.

Dogma Reditum

Novembro 28th, 2017 Por